Temer foi condenado no maior tribunal do Brasil: a Rede Globo

Compartilhar:

O destino do presidente golpista Michel Temer foi traçado por uma das maiores responsáveis pelo golpe de estado do Brasil de 2016, a Rede Globo. O anúncio da gravação incriminando Temer como “furo de reportagem” foi apresentado por um dos principais telejornais da emissora.

Rascunho automático 67

O anúncio do áudio conseguido por um dos repórteres da emissora caiu como uma bomba e virou a notícia corrente em todos os meios de comunicação da emissora golpista, o jornal impresso O Globo, o portal de notícias G1, a própria TV Globo e o canal a cabo GloboNews. Durante todo o dia de forma insistente a Globo fez campanha contra o presidente que ela colocou no lugar da presidenta deposta, Dilma Rousseff. Fez campanha pela queda de Temer abertamente.

Os demais jornais, Estadão, Folha de S. Paulo etc foram mais contidos. O quadro serve para ilustrar o poder da Rede Globo que é golpista desde o seu surgimento apoiamento de maneira fiel e incondicional o golpe de 1964. O que fica claro é que a Rede Globo manda e desmanda nos destinos da política brasileira. É um tribunal a parte da justiça brasileira. Elege e derruba presidentes e políticos. Manipula informações, distorce fatos, destrói e persegue pessoas de acordo com seus interesses políticos ligados diretamente ao imperialismo norte-americano.

A Globo organiza a opinião política de toda uma parcela da população. É como se fosse mais um partido político golpista que mobiliza pessoas, forma opiniões, etc. É parte importante da engrenagem do golpe . A Rede Globo é parte integrante do golpe e como tal deve ser derrubada tanto quanto Temer e os golpistas que derrubaram Dilma Rousseff e estão acabando com o país e atacando os direitos e as condições de vida da classe operária brasileira.

artigo Anterior

Jurista do PSDB que assinou impeachment de Dilma Rousseff defende eleições indiretas

Próximo artigo

Ato contra Temer em Maceió

Leia mais

Deixe uma resposta