PCO-DF realiza sarau: “Belchior – Apenas um rapaz latino-americano”

Compartilhar:

O PCO-DF realizará no próximo dia 3 de junho um sarau/show em homenagem ao compositor e cantor cearense Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenele Fernandes, falecido no dia 29 de abril último.

Rascunho automático 67

Um dos nomes de maior importância na música popular brasileira, Belchior é possivelmente o compositor que mais expressou em sua poesia as angústias da juventude diante de um futuro sombrio, marcadamente em um período de grande repressão no país pós instauração do AI 5.

Sem falar diretamente de política e talvez por isso tenha passado despercebido pelos toscos censores da ditadura, é marcante a sua produção musical no período que se segue à derrota e o consequente refluxo das mobilizações estudantis de 68 até a nova etapa que se abre com as de 77, com letras que vão das desilusões diante do momento em que se vive: “eles venceram e o sinal está fechado para nós que somos jovens”, na composição “Como nossos pais”, até letras que apontam o momento da virada na situação política como: “as praças cheias de pessoas, agora eu quero tudo, tudo outra vez”, na composição “Tudo outra vez”. Não é por outro motivo, a profunda repercussão das suas composições no meio universitário estudantil até os dias de hoje.

O sarau e o show terá a apresentação do companheiro Mauro Moura, servidor público do Ibama e um amante da obra de Belchior.

A produção musical da atividade político-cultural será dirigida pelo piauiense Herbert Pereira, companheiro de viagem do PCO, bancário da Caixa Econômica Federal e músico de Brasília, que recentemente lançou o belíssimo álbum “Contra a correnteza”.

A atividade será realizada em Brasília no sábado, dia 3 de junho, nas proximidades do Jardim Botânico em local agradabilíssimo, com vista panorâmica do Lago Paranoá, da Esplanada dos Ministérios e da Terceira Ponte prometendo um belo pôr do sol, com certeza uma bela inspiração para os artistas e os convidados.

Às 16h terá inicio o Sarau e às 18h inicia-se o show que contará, além de Hebert Pereira, dos artistas Carlinhos Soares, mineiro, grande violonista, multi-instrumentista, compositor e interprete apreciador do Clube da Esquina e da poesia de Belchior e músico muito atuante da cidade e com Carlos Nunes, violonista, recém formado pela escola Rafael Rabelo do Clube do Choro de Brasília.

O ingresso antecipado custa apenas R$30,00 e pode ser adquirido com militantes do partido, pelo facebook ou ainda pelos telefones: (61) 9 9985-9681 e  9 8217-9820

Interessados também podem fazer suas inscrições pelo link abaixo: https://goo.gl/forms/G3QuD0VgCt4Xce7t1

Participe também do nosso evento no facebook: https://www.facebook.com/events/795811563929143

artigo Anterior

A direita é inimiga da cultura

Próximo artigo

18/5/1917: operários repudiam o Ministério de coalizão

Leia mais

Deixe uma resposta