MT: forte adesão à greve geral mostra crescimento da luta contra o golpe

Compartilhar:

É notório que o dia 28 de abril de 2017 foi um dia histórico para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. O sucesso da greve geral foi um importante passo na luta contra o golpe e os golpistas. Em Mato Grosso não foi diferente. A adesão dos trabalhadores mato-grossenses é inquestionável: atos em mais de 40 municípios, sendo que na capital Cuiabá cerca de 30 mil foram às ruas contra o golpe e as “reformas” dos golpistas.

É preciso ressaltar que as lideranças do movimento operário fizeram suas intervenções abordando o tema da luta contra o golpe e os golpistas e não apenas contra as medidas do governo ilegítimo, como queria a esquerda pequeno-burguesa. Ouviu-se não apenas o Fora Temer. A capital mato-grossense também ouviu em alto e bom som a exigência de “Fora Taques”, o governador tucano golpista do estado de Mato Grosso, o mesmo que disse, antes mesmo da votação na câmara do impeachment ilegal, que o governo Dilma já estava acabado.

Foi uma demonstração  inquestionável de que a insatisfação popular não é contra uma ou outra medida do governo , mas contra todos  os golpistas.  Isso ocorre porque o povo de Mato Grosso, como todo o povo brasileiro começa a perceber que não é possível barrar os ataques dos golpistas sem derrotar o golpe de conjunto.

No entanto, ainda há elementos de confusão na luta contra o golpe, confusão essa causada  pela esquerda pequeno-burguesa, que não lutou e continua a não lutar contra o golpe, adotando uma política capituladora diante da ofensiva da direita e jogando areia nos olhos dos trabalhadores. Por isso, é necessário fortalecer a luta contra o golpe em Mato Grosso.

Rascunho automático 67

Para impulsionar esta luta, militantes do PCO e simpatizante do Estado estáo convocando aqueles que quiserem se juntar a essa luta a entrarem em contato com o comitê de luta contra o golpe de Mato Grosso através de sua página no facebook: https://www.facebook.com/comitedelutacontraogolpemt/

artigo Anterior

Novo funcionário de Doria apaga as luzes e o samba da Mário de Andrade

Próximo artigo

Condições subumanas causam 54 acidentes por dia nos frigoríficos

Leia mais

Deixe uma resposta