13 de abril de 1975 – Massacre do Ônibus: começa a Guerra Civil Libanesa

Compartilhar:

No subúrbio no leste de Beirute, Ayin el-Remmaneh, pistoleiros, possivelmente ligados ao nacionalismo burguês, da Frente Popular para a Libertação da Palestina-Comando Geral, dentro de um carro atiraram contra membros do cristão Partido Kata’ib, conhecidos como Falanges Libanesas, de extrema-direita, que voltavam de uma missa.
Contra isto, a extrema-direita realizou um ataque ao nacionalismo, matando 26 membros do FPLP-CG horas depois.
Este episódio é tido como o estopim para a Guerra Civil Libanesa que acabou apenas em 1990.

Rascunho automático 67
artigo Anterior

“A lei é para todos”

Próximo artigo

Servidores da educação iniciam greve em Goiânia

Leia mais

Deixe uma resposta