Com grande sucesso, PCO realiza festas de Réveillon em São Paulo e Brasília

Compartilhar:

Tanto na grande metrópole, quanto na capital do País, o Partido da Causa Operária (PCO), em parceria com o Centro Cultural Benjamin Péret (CCBP), realizou grandes festas de Réveillon. Os presentes brindaram a virada do ano e a luta contra o golpe, pela revolução e o socialismo. Veja mais sobre esse espetacular evento:

Rascunho automático 67

A festa se iniciou com a confraternização entre os companheiros de Partido, das lutas diárias e contínuas, entre os amigos, famílias dos militantes, simpatizantes e amigos.

Em São Paulo, entes da virada do ano, a diva da música latino-americana no Brasil, Miriam Miràh, apresentou um excelente repertório preparado sob medida para essa atividade. “A voz dos humildes“, com Miriam no vocal, Jica Benedito na percussão e Jayme Lessa nos teclados, apresentou grandes obras da lendária Mercedes Sosa, clássicos que marcaram e marcam até os dias de hoje.

Tradicionalmente, o presidente nacional do PCO, Rui Costa Pimenta, apresentou um discurso político momentos antes da virada do ano. Nesse ano, Rui destacou a importância do trabalho do PCO na luta contra o golpe de Estado no Brasil.

Felizes, companheiros que ganharam o sorteio realizado logos após a virada, receberam alguns dos prêmios disponíveis.

Para os que não participaram desse grande evento, não fique triste, participe do próximo evento nacional: o curso de formação política e marxista na 39ª Universidade de Férias do PCO e Acampamento da Aliança da Juventude Revolucionária, que será realizada a partir do dia 14 até o dia 29 de janeiro, em São Roque (SP), com o tema “O Programa para a revolução dos dias de hoje” da série Leon Trótski – vida e obra, baseado no Programa de Transição da IV Internacional.

Veja algumas das fotos dessa grande festa clicando aqui.

Acompanhe a saudação de fim de ano feito pelo companheiro Rui Costa Pimenta.

artigo Anterior

2016: o ano que não saiu conforme o plano

Próximo artigo

Lesa-pátria: Temer entrega bilhões da União às empresas de telecomunicação

Leia mais

Deixe uma resposta