“Super DRU”: a entrega do dinheiro público aos bancos

Compartilhar:

O governo golpista de Michel Temer, está preparando a aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para realizar a Desvinculação de Receitas da União (DRU), medida que tira a obrigatoriedade do governo de gastar parte de suas verbas com áreas específicas.

Campanha Financeira 3

No governo de Dilma Rousseff, a DRU permitia o gasto de 20% das verbas públicas livremente, mas agora Temer quer aumentar esta taxa para 30% e ainda estabelecer a desvinculação de receitas também para estados e municípios. Desta parcela, 90% é oriundo de verbas que seriam destinados a educação, saúde e previdência.

O governo está tão desesperado para aprovar esta DRU que colocou projetos em tramitação no Senado e na Câmara ao mesmo tempo.

A DRU servirá principalmente para o governo aumentar o repasse para o pagamento da dívida pública, que hoje já representa cerca de 45% dos gastos públicos. O pagamento da dívida pública serve apenas para repassar dinheiro público para bancos estrangeiros, alimentando o seu parasitismo.

artigo Anterior

Imperialismo ajudou “Pinochet da África” a perseguir suas vítimas

Próximo artigo

Genocídio é bom quando é feito pelo imperialismo

Leia mais

Deixe uma resposta