Cuidado, sua TV o está espionando!

Compartilhar:

Muitos casos já foram comparados ao funcionamento da sociedade descrita no livro 1984, de George Orwell, mas nenhum como o seguinte: a Samsung alertou os usuários de sua “smart TV” a não conversarem sobre assuntos pessoais ou confidenciais perto dela, pois “essa informação estará entre os dados capturados e serão transmitidos a uma terceira parte através da função de reconhecimento de voz”, segundo sua política de privacidade.

Apesar de absurdo, foi isso mesmo que a Samsung dizer: não tenham conversas pessoais na sala da sua própria casa, pois sua televisão está te espionando.

Em sua obra, Orwell descreve um regime ditatorial no qual os cidadãos são permanentemente vigiados, inclusive dentro de casa, justamente por suas próprias televisões.

Sabemos que há câmeras por toda a cidade e em todos os prédios, escolas e comércios que visitamos. Também tornou-se público o programa de espionagem do governo norte-americano. Todas as conversas de celular podem ser ouvidas, bem como o ambiente em volta dele, mesmo que ele esteja desligado. Por meio do celular ainda é possível saber a localização exata de uma pessoa. A internet é um meio ainda mais amplo de controle. Tudo que se faz em um computador, desde os sites visitados até conversas privadas podem ser rastreadas.

O que ninguém imaginava é que eletrodomésticos simples também serviriam como meio de espionagem.

Embora o fabricante justifique esse nível de espionagem com o interesse em melhorar a qualidade dos seus produtos é muito provável que tais informações sejam repassadas a órgãos de segurança do Estado, assim como fazem todas as grandes empresas de comunicação, como as operadoras de celular, o Google, o Facebook etc.

Campanha Financeira 3

A tecnologia, como tudo, nas mãos dos capitalistas, e principalmente do imperialismo, é mais uma ferramenta de opressão e só servirá plenamente ao desenvolvimento da humanidade quando esta se libertar.

artigo Anterior

Intersindical faz assembleia nos Correios do Paraná ao estilo Força Sindical

Próximo artigo

Saiu a edição número 887 do Jornal Causa Operária

Leia mais

Deixe uma resposta