A paralisia cerebral no meio da esquerda

Compartilhar:
A paralisia cerebral no meio da esquerda 1

Ouça, na Rádio Causa Operária (RCO), o trecho específico da Análise Política da Semana que explica por qual motivo há uma forte paralisia na esquerda perante o golpe militar. Em momentos de crise, parte da esquerda embarca na falsa ilusão de que a democracia será defendida e protegida pelos militares.

“Por mais que os militares façam, há uma paralisia cerebral muito grande no conjunto da esquerda. Ninguém assume a posição democrática elementar, ou seja, os militares no quartel. Mesmo uma pessoa democrata, que se considera um defensor dos direitos democráticos, não sendo nada radical nem revolucionário, é necessário assumir claramente de que os militares devem voltar ao quartel, não atuando na situação política do país.

No Brasil, graças as iniciativas da direita e a paralisia da esquerda, já está se tornando censo-comum que a presença militar nas ruas do país é comum, mas isso deve ser mostrado como uma ameaça aos direitos de toda a população. Os problemas de segurança, devem ser resolvidos pela Polícia, que já é super-sanguinária e violenta. Entretanto, inventaram agora que o problema é que a Polícia Militar passou a ser a coisa mais corrupta que tem no mundo. Assim, os coxinhas passaram de Self com a Polícia para uma atitude de que são corruptos e os militares devem intervir e destituir todos os chefes de Polícia para moraliza-la. Tudo isso é uma manobra.

Se a Polícia é corrupta e os Militares? Quem deu a eles uma carta de absolvição de todos os pecados imagináveis, ninguém. Tudo isso é uma manobra política e publicitária para enganar os incautos. A única posição que se deve ter é que o Militares não devem estar na rua, é o mínimo que devemos exigir em se tratando das Forças Armadas.

As Forças Armadas foram formadas para a guerra e não para intervir na situação política nacional, a paralisia da esquerda só aumenta o poder da extrema-direita. Isso não é uma conduta nova, em todos os países que se houveram golpes, sempre aparecem muitas pessoas de esquerda para dizer que as Forças Armadas são legalistas, temos que lembrar a famosa frase do Prestes proferida algumas semanas antes do golpe de 1964. Segundo ele, “As Forças Armadas são legalistas e caso os golpistas levantassem a cabeça, tê-la-iam cortada”. Estamos esperando por isso até hoje, sendo que o golpe foi dado e os Militares ficaram no poder por mais de vinte anos de Ditadura.”

É comum na esquerda pequeno-burguesa a fetichização dos Militares, que apesar de estarem armados e serem fascistas, estão aí para defender a democracia.
Contribua com a Causa Operária TV para que haja uma programação melhor, com mais qualidade visual e mais diversidade de conteúdos. A Causa Operária TV é um esforço do PCO, que se receber apoio dos demais pode ficar cada vez maior.
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-causa-operaria-tv-fevereiro

artigo Anterior

“Bandidos” não têm que ter direitos humanos, diz general da reserva e possível ministro de Bolsonaro

Próximo artigo

Abutres de Lula: Ciro, Boulos e Manuela, falaram que defendem o petista, mas nada fizeram

Leia mais

Deixe uma resposta