Bolsonaro revela o objetivo da direita: metralhar o povo

Compartilhar:

Nesta semana, em meio as festividades do Carnaval, festa do povo negro brasileiro, quem novamente surgiu com uma polêmica foi o deputado golpista e presidenciavel Jair Bolsonaro.

Bolsonaro é conhecido por sua truculência e completa ignorância nos mais variados se não todos os assuntos. Militar da reserva, o direitista Bolsonaro tem feito campanha dentro e fora do Brasil em torno de sua possível candidatura à presidência nas eleições deste ano.

Em uma dessas atividades, financiadas por banqueiros golpistas, Bolsonaro apresentou a solução para o combate ao crime. Segundo ele, na Rocinha, Rio de Janeiro, a solução seria passar com um helicóptero, jogando panfletos do céu, dizendo que a “bandidagem” teria prazo de seis horas para sair. Se não saíssem, Bolsonaro diz que precisa metralhar a favela e o povo que vive nela.

Apesar do espanto de alguns setores da sociedade diante da declaração do militar golpista, a realidade é que o que disse Bolsonaro é o plano da direita, dentro e fora do governo. É o que estão arquitetando os golpistas que tomaram o Poder Executivo de assalto: massacrar a população negra e pobre.

Esse, na verdade, é o único programa da direita para o povo negro e trabalhador do país, a truculência policial. Os direitos democráticos e sociais do povo estão sendo aos poucos destruídos pelos golpistas e o que vai sobrar, finalmente, é apenas a repressão do estado.

Bolsonaro fez essa declaração, na verdade, como uma ameaça, caso o povo carioca resolva reagir aos desmandos dos golpistas, tanto os do governo federal quanto os golpistas regionais. E o povo vai reagir.

A revolta contra o golpe começa a ganhar contornos populares. A mesma Rocinha, que Bolsonaro promete metralhar, pendurou uma faixa recentemente na entrada da favela com os seguintes dizeres: “STF, se prender Lula o morro vai descer”.

Na verdade, todos os órgãos de repressão do estado estão atentos e se preparando para agir energicamente diante da revolta do povo trabalhador. Também por isso que as festividades de carnaval foram reprimidas pela polícia nos mais variados estados.

Bolsonaro fala em metralhar a Rocinha porque sabe que a recíproca é verdadeira, e, se continuarem os ataques dos golpistas contra o povo, o mais natural é que os trabalhadores coloquem abaixo esse regime de tortura e morte aprofundado pelo golpe de Estado.

artigo Anterior

Resultado do golpe: 100 assassinatos na luta pela terra

Próximo artigo

ACM Neto, o capanga oficial da Rede Globo

Leia mais

Deixe uma resposta