MT: ato contra o aumento da passagem de ônibus

Compartilhar:

Foi realizado, na última sexta-feira (05), protesto durante a inauguração de ponto de ônibus climatizado, em Cuiabá, no Mato Grosso. O ato teve como objetivo protestar contra o aumento da passagem de ônibus, que passou de R$3,60 para R$3,85, apesar de o tratamento dado ao povo no transporte coletivo continuar tão desumano quanto antes.

A iniciativa é correta e necessária, visto que é impossível não perceber a insatisfação do povo quanto a forma como é transportado e, ainda por cima, por um preço tão caro. Se a insatisfação existe – e ela existe -, precisa ser organizada em termos práticos. A prova da indignação é que os militantes que realizaram o ato receberam forte apoio das pessoas presentes no ponto e dentro do ônibus, com exceção, é claro, dos capachos do prefeito direitista Emanuel Pinheiro (PMDB).

É preciso realizar novos atos, não apenas em Cuiabá, mas também em Várzea Grande, onde também houve aumento da tarifa e deve haver, para isso, intensa atividade de propaganda e agitação e uma ampla convocação, que conte com a participação de todos os partidos e esquerda, movimentos populares e sindicatos interessados em participar, visto que esse aumento é mais um duro ataque às condições de vida e trabalho do povo. Esses atos devem não apenas denunciar o aumento do preço da passagem, mas também o fato de que se trata de mais um ataque da direita golpista a classe trabalhadora.

artigo Anterior

Prefeito direitista de Cuiabá aumenta a tarifa do ônibus

Próximo artigo

Mesmo com campanha e manipulação da direita, aumenta número de brasileiros favoráveis ao aborto

Leia mais

Deixe uma resposta