Coréia do Norte negocia com Coréia do Sul

Compartilhar:
Coréia do Norte negocia com Coréia do Sul

Mais um fator de crise do imperialismo. Após várias tentativas de isolar a Coréia do Norte e de tentar fazer o presidente, Kim Jong Un voltar atrás no seu programa nucelar (que tem gerado preocupações ao domínio político do imperialismo), foi necessário ceder ao governo norte-coreano; o mesmo não está recuando às ameaças americanas e sul-coreanas.

Na quarta-feira, dia 3, a Coréia do Norte reabriu uma linha de comunicação de fronteira com a Coréia do Sul que estava fechada há anos. Isso aconteceu após a proposta de discussão com o governo norte-coreano, que já demonstrou que não irá ceder no que diz respeito ao programa nuclear, que assusta o vizinho do Sul.

O imperialismo foi obrigado a dar um passo atrás na questão da Coréia do Norte, revelando mais um fator de crise das classes dominantes mundiais, que vêm tentando atacar a soberania do povo norte-coreano, livre do domínio colonial desde os anos 50.

artigo Anterior

Blog da Globo intimida desembargador do TRF4 para condenar Lula

Próximo artigo

Demissões: um tormento nos bancos privados

Leia mais

Deixe uma resposta