Fernando de la Rúa renuncia à presidência

Compartilhar:
Fernando de la Rúa renuncia à presidência

Há exatos 16 anos, no dia 20 de dezembro de 2001, Fernando de la Rúa renunciava ao cargo que ocupara por dois anos e meio como presidente da Argentina. Tendo ele cumprido somente metade do mandato de um presidente, o que acarretou em sua renúncia foi dada por uma grande revolta popular que aconteceu na última década, ela que fora contra a política imposta de forma rigorosa e principalmente pela rejeição de um governo de coalizão.

Todo o processo ocorrido no país naquele momento, assim como o grande agravante da situação econômica foi um dos motivos para a então renúncia de Fernando de la Rúa. Mas precisamente a grande mobilização que houve naquele período foram decisivas para sua renúncia, a grande efervescência popular foi o grande estopim da renúncia de De la Rúa, além da rejeição do partido justicialista quando propôs a formação de uma governo de coalizão.

Logo após a saída de De la Rúa, ele fora sucedido por Ramón Puerta, missionário e peronista, naquele época era o presidente interino do Senado argentino. Contudo, dias depois, Adolfo Rodrígues seria o presidente interino por poucos meses.

artigo Anterior

Fim da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas ou, simplesmente, URSS.

Próximo artigo

Nasce o poeta parnasiano e jornalista Olavo Bilac

Leia mais

Deixe uma resposta