Sucateamento da UERJ é resultado da política golpista

Compartilhar:

O estado de calamidade pública em que os Golpistas deixaram o Estado do Rio de Janeiro colocou a principal universidade pública do estado em colapso, a UERJ está a beira da falência, não está sequer conseguindo pagar seus funcionários e pagar as despesas mensais e seus materiais.

A desculpa do desmonte da universidade pública por alegação de falta de dinheiro é a mais pura mentira e uma medida política contra os trabalhadores e o desenvolvimento nacional. O verdadeiro interesse dessa política é sucatear para depois privatizar e cortar o acesso ao estudo qualificado. O interesse também é de acabar com o desenvolvimento tecnológico do país para que não se desenvolva sua indústria, tecnologia, e não se criem patentes para frear o desenvolvimento do País.

A destruição da universidade pública é uma política dos golpistas e a crise na UERJ um resultado dessa política de corte brutal de verbas para os serviços essenciais como a educação e a pesquisa.

artigo Anterior

Mussolini de Maringá produz documentos falsos para policial norte-americano investigar cidadão brasileiro

Próximo artigo

Para atacar o aborto, direita se esconde atrás de falsos argumentos científicos

Leia mais

Deixe uma resposta