Não à reforma da previdência, não à terceirização, fora todos os golpistas!

Compartilhar:

Nas últimas semanas, o golpista Michel Temer e as bancadas golpistas do Congresso Nacional têm pressionado para aprovar a reforma da previdência. Querem fazer com que o trabalhador só possa se aposentar com 65 anos e ainda com 25 anos de contribuição. O projeto da terceirização que passa hoje no congresso facilitará para que os patrões contratem e atropelem os direitos trabalhistas.

A imprensa golpista tem falado que a reforma da previdência é uma necessidade, tem falado que essas mudanças são uma necessidade, tem que ser feitas para que o Estado não vá falência. Algo que não é verdade. O orçamento nacional está consumido com o pagamento de juros altíssimos da dívida, o Brasil pagou, em 2015, mais de 350 bilhões de reais em juros de uma dívida que nunca vai ser paga.

Por essa e por outras razões fica claro que não se deve discutir quanto vai ser o sacrifício do povo brasileiro sem discutir o problema do parasitismo do mercado financeiro para com o Estado.

O governo que aí está serve integralmente aos grandes empresários, principalmente os imperialistas, e aos seus interesses, fazendo com que a situação do povo não possa ser vista apenas do ponto de vista da reforma, o problema não começou com a reforma. Essa política de retirada de direitos começou com a campanha para derrubar Dilma, queriam derrubá-la para fazer isso e muito mais.

A política dos golpistas é destruir as conquistas do povo brasileiro, retirar garantias e direitos trabalhistas, modificar a maneira que o Estado Brasileiro funciona para o benefício da grande burguesia e do imperialismo.

Nesse momento a luta tem que se concentrar numa luta contra o governo golpista que é a origem de toda essa política. Não podemos tratar os sintomas da doença sem tratar da sua causa, seria esconder do povo uma questão importante: enquanto a direita golpista governar não vão parar os ataques aos trabalhadores.

Por isso reitaramos : Não à reforma da privedência, não à terceirização, fora todos os golpistas!

artigo Anterior

Adultério em Curitiba: Sérgio Moro em nova relação Karnal

Próximo artigo

Aloysio Nunes, mais um delatado do PSDB

Leia mais

Deixe uma resposta